sexta-feira, 11 de Maio de 2012

O génio. Bernardo Sassetti.

Lisboa, Fevereiro 2008

1 comentário:

Rogério de Freitas disse...

Dizem que a justiça é cega e a morte é estúpida. Neste caso, coube á morte monopolizar estas duas qualidades.
O nosso país ficará sempre mais pobre sempre que perder um dos seus talentos criativos sejam eles de área forem.

Um abraço.
R.